The Little Matchgirl

The Little Matchgirl (ou em português, A Pequena Vendedora de Fósforos) é um dos contos de Hans Christian Andersen que eu mais gosto e também um dos mais tristes. Lembro que eu tinha um livrinho de contos e vivia lendo esse e sempre sentia vontade de chorar quando terminava de lê-lo. Nem acreditei quando descobri que a Disney fez um curta sobre o conto de 7 minutos! Do mesmo jeito que o conto de Andersen é emocionante, o curta também.



O conto me fez lembrar que o Natal está perto, e isso nos faz refletir sobre um bocado de coisas. Talvez devessemos agradecer um pouquinho pelo que temos e pararmos de reclamar, já que existe pessoas em pior situação. Quantas Pequenas Vendedoras de Fósforos morrem todos os dias por causa de frio e fome? Quantas pessoas precisam de ajuda e não movemos um dedo para ajudá-las porque estamos ocupados demais a olhar para nossos próprios umbigos? Nós precisamos de ajuda e o mundo também, urgentemente.

6 Comentários:

  1. Acho que já vi há muito tempo um clipe onde uma garota vende fósforos. Deve ter relação com esse conto... /hum

    ResponderExcluir
  2. Isso foi terrivelmente emocionante ;-;

    ResponderExcluir
  3. Sempre gostei desse conto, e nunca tinha visto esse curta. Gostei muito, mesmo! Só que é muito triste, mas me fez pensar, preciso ser mais agradecida pelas coisas boas que tenho.
    bjss

    ResponderExcluir
  4. OOOOOOOOOOOOOOOONW, eu não conhecia esse comto fiquei encantada, encanto a gente se precupa com tantas bobagens, realmnet faz a gete pensar, e refletir e agradecer pelas coisas que temos em nossas vidas . eu quase chorei, fiquei toda arrepiada haha, lindo conto :D
    http://marysaysit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que lindo!! Chorei q nem criança ;__;, realmente eh algo q nos faz pensar, da mta vontade de adotar a menininha, assim como faço com os animais que vejo abandonados...

    Um bjão e obrigada pelo elogio la no blog =3
    =***

    ResponderExcluir
  6. a primeira vez que eu li esse conto eu era pirralha, fazia parte de um livro enorme cheio de contos, nossa eu chorei tanto no final e depois fiquei dias pensando na garotinha e agora chorei de novo com esse curta.

    ResponderExcluir