O MELHOR SHOW DA MINHA VIDA 23/11/10


Sou fã de Tokio Hotel há 2 anos e 3 meses, mesmo quando comecei a gostar da banda, já sonhava em ir a um show deles. Por muito tempo, acreditei que seria quase impossível de eles virem ao Brasil, pelo simples fato, de que não era uma banda tão conhecida. Mesmo assim, fiquei ligada em todas as notícias deles, até ter uma definitiva sobre o show. Quantos rumores, quantas notícias falsas desse show e finalmente chegou a verdade.

Cheguei na fila, quase 3 horas da tarde e ela estava gigaaaaaaaaante! Ela deu volta no quarteirão inteiro. Agora que fui saber que tinha cerca de 5 mil pessoas no show, ou seja, era realmente muita gente. Fiquei 5 horas na fila, de pé na maior parte do tempo e quando não aguentava, ficava sentada no chão. Encarei uma garoa fraquinha com os outros fãs que fiz amizade na fila e também com a @Ana_483, a verdade é que o tempo estava PERFEITO! Estava nublado, fresco e só um pouco úmido, nada de sol de rachar o coco.

Oito horas da noite abriu o portão para entrar no Via Funchal, a fila gigante começou a ser revistada e tinha que apresentar os documentos. Quando passei, saí correndo na maior velocidade para tentar pegar um lugar bom. Acabei não ficando muito perto, mas deu para ver tudo perfeitamente! O show só ia começar as dez horas e nesse meio tempo, a produção ficava apagando a luz e ligando, enquanto todos iam a loucura, pensando que já ia começar o show.

Apesar de ter atrasado uns 15 minutos, logo as luzes se apagaram definitivamente e a banda surgiu com Noise! Sério, eu nunca gritei, pulei e cantei tanto na minha vida! Realmente pensei que ia começar a chorar, mas era impossível, eu estava tão feliz por finalmente ter conseguido um show deles que as lágrimas sumiram. Chegou uma hora que pensei que ia desmaiar e passar mal, eu estava tão acabada, mas continuei no mesmo pique.

O show foi perfeito, maravilhoso! Teve direito a fogos especiais, Bill entrou de moto em Dogs Unleashed e no final, para fechar com chave de ouro, eles soltaram papeizinhos na nossas cabeças. O que eu mais admirei, é que eu pensava que a maioria dos fãs de Tokio Hotel eram garotas adolescentes, QUE NADA! Tinha fãs já idosos cantando as músicas, tinha fãs quarentões, terceirões, tinha mãe de fãs que sabiam tudo sobre a banda até mais que as próprias filhas, tinha pais que também acompanhavam a banda, tinha rapazes, tinha até metaleiros, crianças de 4 anos! Era uma variedade de fãs!

Quando acabou o show, era quase meia-noite. Eu não chorei, não fiquei triste, era impossível. Eu estava tão feliz e tão cheia de energia que podia aguentar mais horas de show, queria muito mais. Vi várias fãs chorando de emoção e tristeza por eles terem ido embora, eu só fiquei triste de não ter conseguido uma foto com eles, mas estou tão feliz e realizada pelo show que nem ligo mais para isso.

Com todas as forças, quero que eles voltem novamente para o Brasil, e novamente irei no show deles, enfrentarei muitas horas de fila só para vê-los tão perto como antes. Se antes eu já amava Tokio Hotel, hoje amo muito mais e tenho orgulho de gostar dessa banda de tantas outras que existem. Podem falar o que quiser deles, mas para mim, não existe banda que me transmita tanta felicidade e emoções pelas músicas, batidas e melodias. 

Só de escrever esse texto, tenho vontade de chorar, mas como disse antes, de felicidade. Vou guardar o dia 23/11/10 na minha memória por muito tempo, mas também espero que não demore muito, afinal quero substitui-los por outros shows dessa banda.

TOKIO HOTEL, MUITO OBRIGADO PELO SHOW! O BRASIL AMOU VOCÊS!









E para finalizar, uma foto minha na fila. A Ana e eu acabadas, mas não vendo a hora de começar o show!

0 Comentários:

Deixe seu comentário