Os 13 Porquês

Descobri esse livro no Skoob e desde que vi a sinopse, fiquei com vontade de ler. Confesso que um livro nunca me chocou tanto como esse, e eu já deveria ter esperado isso por causa do tema abordado: suicídio.

A história é sobre Clay Jensen, um garoto que tem sua vida completamente mudada quando recebe pelo correio uma caixa contendo fitas cassetes gravadas por Hannah Baker, que se suicidou. Ela alega que ele é um dos treze motivos por ela ter tido esse trágico fim e conforme Clay vai ouvindo as fitas, descobre que Hannah tinha muitos segredos e que neles, incluíam mais pessoas.

Hannah Baker é basicamente uma garota normal como você, eu e qualquer outra que você vê na rua, escola, em qualquer lugar. Sua vida mudou totalmente por causa dos acontecimentos errados e pessoas erradas, e não foi do nada, tudo começou com uma bola de neve que foi crescendo e devastando qualquer esperança que ela tinha.

Um dos principais motivos por Hannah ter se suicidado é algo que podemos chamar de Bullying, mas não é aquele Bullying de pessoas que dão apelidos terríveis ou atormentam determinada pessoa. O Bullying que ela passou é aquele que fazemos sem perceber, que parece inofensivo, começa com um boato mínimo e de repente a escola inteira está te julgando por algo que você não fez ou não tem conhecimento.

Como uma forma de vingança, ela gravou aquelas fitas cassetes e antes de se suicidar, enviou elas a cada pessoa que a atingiu de alguma forma e havia uma regra: Ou você repassa para a próxima pessoa da lista, ou a outra cópia da fita irá vazar e todos vão saber o que aconteceu.

Não posso dizer que Hannah estava totalmente certa, porque ela também cometeu erros e alegou o tempo todo que ninguém se importou com ela, quando na verdade houve pessoas que se soubessem do seu problema, fariam de tudo para salvá-la. E uma delas era Clay, que sempre amou Hannah, mas nunca disse a ela. É nesse momento que o livro nos ensina que não podemos perder tempo, porque pode ser tarde demais para dizer às pessoas o que sentimos.

O livro tem um tema muito forte, eu ficava realmente pasmada com tudo que Hannah dizia e muitas vezes, também torcia para que o final fosse diferente, mas já estava bastante claro como terminaria. Jay Ascher, o escritor, colocou todo um mistério que faz você quer ler até o final e descobrir o que acontece. É um livro que vale muito a pena ser lido, principalmente para ajudar as pessoas a evitarem situações como essa.

7 Comentários:

  1. Olá!

    Adorei o que escreveu sobre esse livro e certamente vou ler. Estou colocando seu texto no quadro Resenhas 10+ do meu blog. Espero que não se importe!

    Abraços, sucesso e feliz 2011!

    ResponderExcluir
  2. Uau!! Sabia que quando eu venho aqui eu sempre descubro livros novos e ótimos? Haha
    Adorei essa resenha! Muitas vezes as pessoas se suicidam por causa do bullying, pois chega uma hora que não consegue mais aguentar... Enfim, adorei, realmente me interessou!!

    xx carol

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei muito interessada no livro, principalmente pelo tema. Vou procurar ele, quero ler logo. Adoro visitar esse blog por isso, sempre me interesso pelos livros que você posta aqui, rere.

    ResponderExcluir
  4. Nossa Senhora ! A resenha me deu MUITA vontade de ler o livro Dasty. Parece filme de suspense seilá, fiquei super tentada a ler.

    ResponderExcluir
  5. Só meio que completando o comentário do hangover
    As vezes as pessoas que se suicidam por causa do bullying não procurou mais ninguém para contar os seus problemas, com medo ou vergonha de algo.
    O livro parece ser bem interessante, adorei o ponto em que tinha alguém que a amava, mas ela não sabia, isso me faz pensar se esse sentimento mudaria o destino dela.

    ResponderExcluir
  6. haha, vi a resenha e corri pra achar o ebook. Li e tipo, adorei!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Nossa Dasty, quero ler esse livro depois dessa sua resenha...adorei a história que nele contém.Apesar de parecer um livro muito forte...
    Beijinhos

    ResponderExcluir