Neon Azul

Eu nunca tinha ouvido falar desse livro até recebê-lo pelo Booktour da Editora Underworld, mas o tema me chamou a atenção pela história ser sobre uma boate (ambientada no Rio de Janeiro, na Lapa) chamada Neon Azul onde abriga os mais estranhos visitantes, com uma mistura de sobrenatural com o que há mais de urbano, a história vai se desenrolando através de contos, cada um sobre um personagem.

O livro é simplesmente perfeito. A narração de Eric Novello é tão boa que você se sente tão inebriante naquela boate quanto os personagens. Por mais que a história seja dividida em dez contos, cada personagem tem uma ligação com outro, o que me deixava totalmente embasbacada a cada final de capítulo.

Os personagens são dos mais variados, com histórias bizarras e passados assombrosos, mas totalmente cativantes. A boate é comandada pelo o Homem, um sujeito peculiar, que se veste de branco com chapéu Panamá, está sempre rodeado por seguranças e ninguém sabe realmente quem ele é. Há também Armando, um homem que não consegue dormir e que cuida do Neon Azul (em minha opinião, um dos personagens mais legais), Oscar, um mendigo que tem um cachorro chamado Minotauro, Gabriela, Dita e Jéssica, ambas prostitutas, Lucas Moginie, um escritor que escreve sobre boates, Dionísio, um pianista, entre outras personagens fascinantes que vão se interligando ao longo do enredo.

Mesmo quando você termina de ler o livro, você fica com aquela sensação de mistério no ar, se sente confuso como se todas as perguntas não fossem realmentes respondidas. É realmente como se você tivesse bebido demais e acordado com ressaca, sem se lembrar o que aconteceu no dia anterior. Há certas horas que você não sabe se de fato os acontecimentos ocorrem ou se é apenas na cabeça dos personagens, até os toques sobrenaturais você fica em dúvida se realmente existiram ou não passa tudo de uma ilusão.

Outra coisa legal, é que o livro é um Romance Fix up, ou seja, você pode começar a lê-lo de qualquer capítulo, variando até ler todos, não importando a ordem que seguir, você sempre vai chegar ao mesmo lugar. E então? O que acha de se aventurar e se perder no Neon Azul? Da mesma maneira estranha que entrei na história, não quero sair mais.

9 Comentários:

  1. me deu vontade d ler msm eu nao gostando mto d escriores brasileiros! eu amo livros assim com um q de misterio!

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi muita coisa boa sobre o livro e sobre o autor e espero ansiosa pelo livro no Book Tour. Pena que ainda vai demorar pra mim receber!

    ResponderExcluir
  3. Oi! Quero ler muito mesmo esse livro!

    bjss

    ResponderExcluir
  4. *-* Eu realmente tenho uma paixonite por contos, ainda mais quando eles são estranhos e nos deixam com um ar de confusão mesmo quando terminamos de lê-los

    ResponderExcluir
  5. adorei a resenha, fiqei super afim de ler o livro! ^^ parece ser bem lgl msmo *-*

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  6. Já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas não conhecia quase nada dele.
    Pela resenha, parece ser algo bem diferente de tudo que já li. haha
    Acho que vou gostar. =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Dasty! A quanto tempo hein *---* Estou doida pra ler esse livro da Underworld, mas não pude entrar no Booktour porque eu já estava participando do outro! Amei a resenha, e me interessei muito mais pelo livro!

    http://myevery-thing.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Que legal cara, deu muita vontade de ler, nunca tinha ouvido falar e se não fosse essa resenha maravilhosa que tu fez Dasty, acho que não me interessaria.
    Deve ser muito legal, todo esse mistério e a coisa de ser um romance fix up *-*

    ResponderExcluir
  9. Eu não sabia sobre o que era o livro até agora, mas adorei sua resenha e ele me pareceu ser muuuito bom! Mal posso esperar para recebê-lo pelo Book tour *--*

    Beijos,

    Thais Pampado
    Por Trás da Estante

    ResponderExcluir