Três por cento

3% é uma série brasileira de ficção científica, que conta a história de um mundo dividido em duas partes, o Lado de Lá (o lado bom, dos ricos, onde você tem tudo que quer) e o Lado de Cá (o lado ruim, dos pobres, dos que sofrem dificuldades). Quando você completa 20 anos, as pessoas do Lado de Cá podem se inscrever em um processo seletivo para passarem para o Lado de Lá, o problema é que apenas 3% dessas pessoas são aprovadas.
Sério, quando eu comecei a assistir a série eu NUNCA ia pensar que fosse brasileira! Pensei que fosse uma série internacional e estava sendo dublada porque se tornou famosa. Eu achei os efeitos e a história realmente bons e até os atores atuam tão bem que não se comparam a aquela "falsidade" das novelas. Por enquanto, só há um piloto de 27 minutos (dividido em três partes) e só irá ter mais episódios quando alguma emissora brasileira decidir contratá-los (o que pode nunca acontecer D:)
Aqui estão os vídeos do primeiro episódio:







E aí? O que vocês acharam? Eu simplesmente adorei!

4 Comentários:

  1. Nossa senhora, apenas 3%? Gente! Até imagino como deva ser, é totalmente diferente do propósito de algumas séries brasileiras, ou da maioria delas, não? Achei bastante diferente e logo quando vi as imagens duvidei que fosse mesmo daqui. Deve ser bastante interessante, e espero que alguma emissora contrate né.

    ResponderExcluir
  2. assisti só a primeira parte porque nao to com muito tempo, mas nossa, parece ser muito bom mesmo!
    pra uma série brasileira então... super se superando!
    será que a tnt nao quer? ): IUSADFHFDAPUFDISHPIUF

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito legal!
    Adorei seu blog,muuito lindo!
    Entra lá no nosso:cherriesinthepocket.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olha... Série brasileiras não me agrada muito, sempre acho que falta alguma coisa. Mas essa, simplesmente adorei.
    Quando fiquei sabendo que era brasileira, cheguei ate duvidar, mas resolvi dá uma chance e assistir.
    Bom... Agora só vamos ter que esperar, que alguma emissora a contrate.

    ResponderExcluir