Realmente amo escrever


Como muitos daqui sabem, eu participei daquele concurso Eu Amo Escrever. Na primeira etapa era preciso ficar entre os 50 mais votados e infelizmente não fiquei. Não sei realmente se tenho alguma chance de passar para a segunda fase, mas ainda estou torcendo aqui para que tudo dê certo. De qualquer forma, esses dois meses de pedidos de votos e tudo mais foram muito importantes para mim. Para vocês terem uma ideia, praticamente minha escola inteira me ajudou com os votos. Nunca fui uma pessoa muito popular e hesitei um bocado para pedir ajudar (e acho que foi isso que me atrapalhou para conseguir votos). Quando finalmente o fiz, não fazia ideia de que realmente iriam me ajudar e me dar apoio, principalmente de pessoas que nunca havia conversado na vida. Acho que foi isso que me deu força a continuar quando pensei em desistir, afinal foi bem difícil.
Também preciso agradecer as pessoas da internet, de diversas redes sociais que votaram, me ajudaram e divulgaram. Se não fosse essa ajuda coletiva, eu nunca iria conseguir 1806 votos (pena que não foi o suficiente). Ganhar esse concurso já não era uma coisa apenas para mim, virou uma coisa para todos. Eu me senti no dever de passar para a segunda fase e mostrar para todos que não foi perda de tempo todos aqueles votos, que realmente a ajuda deles foi imensa para mim e dou valor a essa ação. Por isso ainda tenho esperanças de conseguir (ou apenas é uma falsa segurança. Lá vem as ilusões).
De qualquer forma, ainda vou esperar pelo resultado. E foi dando uma olhada no site do Eu Amo Escrever que decidi ver uns vídeos de entrevista com escritores. Achei bem interessante para quem também tem o sonho de ser escritor ou simplesmente admira muito quem escreve. Selecionei alguns vídeos e vou colocar aqui para quem quiser ver.







Só digo uma coisa: tenho a mania de me identificar com qualquer escritor que vejo. Espero que isso seja normal.

0 Comentários:

Deixe seu comentário