Runaway


Como eu estava simplesmente louca para ler o último livro da Série Cabeça de Vento da Meg Cabot, não hesitei em baixar o PDF já que infelizmente o terceiro livro ainda não foi publicado no Brasil. O segundo livro terminou de uma maneira tão “final de episódio de novela”, que era impossível não querer ler a continuação, ainda mais com todo aquele tema de conspiração com ficção científica. Para quem quiser ler as resenhas anteriores, segue o link do primeiro livro e do segundo.
Para quem não sabe, a história é sobre uma garota chamada Em Watts que sofre um acidente e tem seu cérebro transplantado para o corpo da super modelo Nikki Howard. O primeiro livro da série é uma espécie de introdução da nova vida que Em terá que levar e o segundo livro mostra que nem tudo são flores, afinal todo esse acontecimento faz parte de uma baita conspiração da empresa Starks Corporation (o que me fez lembrar um bocado uma fanfic que eu escrevi ano passado).
Quando eu comecei a ler o terceiro livro pensei que a continuação seria recheada de adrenalina, tiros, fugas (afinal o título Runaway significa A Fugitiva) e mais conspirações, porém não foi nada disso, o que me deixou um tanto decepcionada. O livro novamente ficou mais falando da vida da Em como super modelo do que mostrar cenas de ação.
E tenho que comentar que achei Em tão chata nos primeiros capítulos, apenas lamentando sua situação e todos os seus problemas com seu amado Christopher, sem falar que ela fazia tanta coisa idiota nesse livro. Já o mocinho da história (o Christopher), pela primeira vez em um livro escrito da Meg Cabot, não chamou minha atenção.
Não vou dizer que Runaway não valha à pena, porque vale sim! O livro ainda tem aquela trama assustadora da troca de cérebros e tem um pouco de ação (mas é pouca), sem falar que muitos dos personagens são realmente cativantes, como a melhor amiga de Em, a Lulu. E o final foi tão lindo que você não se arrepende nenhum um pouco de ter lido e até esquece que a história não foi como você pensava.
Fico feliz de terminado mais uma série da Meg Cabot, minha autora favorita, e tenho que dizer que realmente amei os três livros e que com certeza vou relê-los como acontece com Mediadora todo o tempo. Quando Runaway chegar ao Brasil, vai ser mais um livro que terei em minha estante para fazer companhia a Cabeça de Vento e Sendo Nikki.

Dia Frampton - Walk Away

Enquanto eu lia o livro, essa música não saía da minha cabeça, talvez pelo fato de que a parte mais viciante é quando ela diz Runaway várias vezes. De qualquer forma, li a letra da música e achei que combina perfeitamente com o livro.

5 Comentários:

  1. Ai Dasty , eu sou uma doente por livros ! Eu comprei um sábado ( A Hospedeira , já leu? ) e quando foi terça eu já tinha acabado ele! E agora eu quero outro! As Cronicas dos Kane !Minha mãe morre com isso !
    Eu amo todos os livros da Meg , acho que ela escreve de um jeito super cativante, mais essa trilogia eu ainda não li , ainda não me deu vontade kkkkk Talvez se eu começar a ler eu me empolgo e não paro mais!
    Bjus!

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca li nenhum livro da série, mas tudo que é Meg Cabot acaba se tornando bom, né? Ela consegue deixar as histórias mais clichês ótimas de ser ler :D Não tenho taanto interesse em ler essa série, já que eu to atolada com tantas outras, haha. Mas quem sabe um dia...

    Beeijão
    Kaká

    ResponderExcluir
  3. O que mais me chocou foi "Já o mocinho da história (o Christopher), pela primeira vez em um livro escrito da Meg Cabot, não chamou minha atenção."
    Sei lá, os mocinhos dos livros da Meg sempre são tão... tão tudo de bom.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nenhum livro dessa série, mas tenho me interessado nela de uns dias pra cá. "achei Em tão chata nos primeiros capítulos, apenas lamentando sua situação e todos os seus problemas com seu amado Christopher" infelizmente eu já vi isso em vários livros da Meg, é um ponto baixíssimo, na minha opinião, porque torna a leitura muito monótona e dependendo da situação pode até fazer com que eu fique com raiva da personagem. Tô no último livro da série A Mediadora, e dei uma certa abandonada na leitura porque a mesma parece que não sai do canto, e a Suzannah tá me enchendo o saco com essa queda que ela tem pelo Paul Slater, com um Jesse dando sopa... Mas, vou continuar porque eu gosto bastante da série e dos personagens em si. Beijo, Dasty!

    ResponderExcluir
  5. Faz um booom tempo que não leio nada da Meg Cabot, minha seria favorita dela continua sendo A Mediadora XD

    ResponderExcluir