Great Expectations

Não sei como diabos nunca ouvi falar dessa mini-série da BBC antes, porque acompanho um bocado de blogs com interesse em séries. Talvez seja porque não chamou a atenção de muita gente e por ter apenas 3 capítulos (uma hora cada). Mas foi isso que me ganhou, por não ter muitos capítulos, seria algo rápido e eu não me atrasaria assistindo como acontece com muitas séries que assisto. Claro que o tema principal chamou-me muita atenção, quanto a isso não há duvida (lembrou-me uma mistura de Os Miseráveis de Victor Hugo e Ilusões Perdidas de Balzac, que em breve terá resenha aqui).
A história é baseada no livro de mesmo nome do escritor Charles Dickens, o qual eu tive o prazer de ler um conto de natal lindo. Mas você deve conhecê-lo de outro lugar, pois foi ele que escreveu o A Christmas Carol (aquele filme do Ebenezer Scrooge, o velho ranzinza que recebe a visita de três espíritos de Natal), que eu não li, mas assisti todas as versões existentes do filme. Pip é um garoto de 11 anos que perdeu os pais e vive com sua irmã mais velha, o marido dela, Joe, e seu tio Pumblechook. Ele tem uma grande amizade com o Joe, que é um ferreiro trabalhador e honesto, enquanto sua mulher é insuportável. Um dia, enquanto passeava, Pip acabou sendo pego por uma fugitivo da lei. O ladrão pede a Pip que traga uma lima (é uma ferramenta de ferreiros) para ele retirar os ferros que prende seus pés, se não irá matá-lo. O garoto assustado faz o que ele diz e além de trazer a lima, decidi trazer um pedaço de torta. Esse ato tocou o coração do ladrão, que mesmo pego depois pela polícia, não confessou quem o ajudou (essa parte da história parece inútil, mas é bastante crucial). Passado uns dias, uma mulher rica que vive na região, chamada Miss Havisham pede a família se eles possuem um garoto para criar, no mesmo instante, a irmã de Pip entrega ele com o interesse de conseguir um pouco da fortuna de Miss Havisham. Pip começa a passar um tempo na casa dessa senhora estranha e conhece sua filha adotiva, Estella, por quem aos poucos vai nutrindo uma paixão.
Miss Havisham é minha personagem favorita da história e dá para ver que sua figura é extremamente marcante. Ela possui o cabelo todo branco, só veste vestidos também brancos e anda descalça pela casa, mostrando o quanto é totalmente maluca. Ela acabou perdendo o juízo desde a suposta morte do seu noivo, que morreu antes do casamento, por isso ela acaba andando por aí como uma noiva ambulante e ainda mantém o bolo de seu casamento na sala de jantar. Mesmo assim, com todo o seu jeito de noiva cadáver, ela é fascinante o suficiente para despertar em Pip a ambição que faltava no garoto. Miss Havisham faz Pip se apaixonar por Estella, fala que ele deve se casar com sua filha e virar um gentleman. E então esse tornou-se o objetivo principal de Pip, que o persegue na trama inteira.
Estella é a filha de Miss Havisham. É uma bela moça, mimada e fria, criada nesses moldes pela mãe para nunca sofrer por amor. Mesmo assim, isso nunca a impediu de se apaixonar por Pip, mesmo que ela lute tanto contra esse sentimento.
De jovem ingênuo e sem nenhuma ambição, Pip cresce e vira o lindo modelo da Burberry (HAHA, sim o ator Douglas Booth é modelo da Burberry, junto com Emma Watson), que sonha em se tornar um gentleman. Sua vida é transformada quando ele recebe uma herança de uma pessoa misteriosa. Ele só receberá sua herança e descobrirá quem é seu benfeitor quando se tornar maior de idade, enquanto isso, receberá algumas quantias para ser educado e se tornar um respeitável rapaz da aristocracia. Pip, então vai para Londres onde começará uma nova vida e será treinado pelo primo de Estella (o ator dele é o Harry Lloyd, o mesmo que faz o Viserys Targaryen em Game of Thrones, irmão da Daenerys).

Sabe aquela série que você pensa que foi criada perfeitamente para você? Foi isso que aconteceu enquanto eu assistia. Amo histórias vitorianas (ainda mais quando são curtas) profundas, com fotografias lindas (tudo no estilo inglês sombrio e enevoado) e uma trilha sonora incrível. Adorei os atores, os personagens e até fiquei triste por logo ter terminado. Sem falar que agora estou louca para ler o livro (baixei a versão em inglês que tem assustadoramente umas quatrocentas páginas). Mas sabe o que é mais engraçado? Enquanto eu assistia a série, apesar de eu AMAR a atuação da Gillian Anderson como Miss Havisham, não conseguia parar de pensar em como esse papel também seria perfeito para a Helena Bonham Carter. Foi então que descobri que esse ano irá estrear o filme do Great Expectations e adivinha quem vai fazer a Miss Havisham? Isso mesmo Helena Bonham Carter! Nem acreditei quando vi! Estou super ansiosa pelo filme e espero que seja tão boa quanto a série. Deixarei com vocês o opening lindo da série e o trailer.

5 Comentários:

  1. *-* Gostei, a história parece ser bem dramática e envolvente.
    Vou assistir XD

    ResponderExcluir
  2. minha mae viu essa serie! e eu tenho o livro! um classico da literatura inglesa!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Hey Dasty!
    Já pensei em baixar esta série, e depois deste post... porque não?
    Agente Scully como você tá diferente.
    Amei o "vira o lindo modelo da Burberry" hahaha.

    ResponderExcluir
  4. Que legal! Eu não conhecia essa série.
    Adorei o blog!
    Já estou seguindo!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. DASTYYYYYYY!
    eu tenho um post de rascunho falando dessa serie!!! Eu assisti quando lançou! É otima eu adorei ! E o Pip é lindo né !kkkkkkkkkk
    bju

    ResponderExcluir