Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel



Lembro que quando saiu o primeiro filme do Senhor dos Anéis eu tinha sete anos. Eu praticamente pirei ao descobrir que era um filme de fantasia com idade média, espadas, cavaleiros e tudo mais. Naquela época, eu era apaixonada por aquele tipo de filme e confesso que ainda sou. Não demorou para eu virar uma fã de carteirinha de Senhor dos Anéis, assisti todos os filmes várias vezes e não ficava com tédio por causa das suas três horas de duração.
É claro que eu tinha plena consciência de que precisava ler o livro, então, uma amiga da minha mãe me emprestou o volume único quando eu devia ter uns oito anos, por aí. O problema é que demoraria muito para eu ler tudo e quando a mulher pediu de volta, eu ainda estava na metade do primeiro livro. Lá se foi a chance de ler os maravilhosos livros de Tolkien. Quem acompanha o blog, sabe que não faz muito tempo que li O Hobbit, então, já estava bastante situada na história que introduz a trilogia Senhor dos Anéis. Foi aí que apareceu novamente uma oportunidade, dessa vez, quem me emprestou o livro foi uma amiga do meu irmão (comprar para quê mesmo, não é? Apesar de que pretendo fazê-lo).
Então, sem mais delongas, do que se trata a história? Quem já assistiu o filme sabe (ou quem já leu obviamente). É o centésimo décimo primeiro aniversário de Bilbo Bolseiro, o hobbit do livro anterior, e também do seu sobrinho Frodo, que faz trinta e três anos. De aniversário, ele decidi dar o seu tão querido anel para Frodo e sumir da vila dos hobbits. Porém, o que Frodo não sabia era que esse anel era maligno e que seu verdadeiro dono, Sauron, está atrás dele. Ele, juntamente com seus amigos e também com outros companheiros, terão que partir em uma aventura para destruir o anel e impedir que o mal avance e destrua tudo.
Geralmente eu classifico livros de fantasia em duas categorias: Harry Potter ou Crônicas de Nárnia. Não estou comparando as histórias, estou comparando os estilos. O estilo Harry Potter é algo mais sombrio, você nota isso tanto na leitura quanto nos filmes que cada vez mais foram ficando obscuros. Já em Crônicas de Nárnia é o contrário. Tanto nos filmes quanto nos livros você percebe uma emanação de luz, mesmo quando há coisas ruins acontecendo. No caso de Senhor dos Anéis, o filme mostra-se bastante obscuro, mas ao ler o livro, não percebi isso (talvez porque não cheguei na parte totalmente obscura). Achei que a melhor classificação é o de Crônicas de Nárnia e vou explicar porquê.
O livro é totalmente mágico. Você sente uma imensa vontade de estar dentro dele e conhecer as maravilhas que Tolkien descreve. Por mais ruim que foram alguns acontecimentos, sempre há algo maravilhoso posteriormente, como, por exemplo, Valfenda ou Lórien (sinceramente, elfos são as criaturas mais fantásticas do livro). Tudo é muita luz, muita alegria, muita festa, muito aconchego. E mesmo as canções, que muitas pessoas acham irritantes, eu acabei gostando e criando ritmo para elas.
Já no prólogo do livro você já fica impressionado com a descrição de Tolkien. Ele escreve de maneira tão real os Hobbits que até parece que eles realmente existem. Ele fala de características, ancestrais e cultura como se tivesse convivido com eles e estudado seu comportamento. Sem falar nos mapas desenhados no final do livro, conforme os personagens vão se deslocando na história, você vai acompanhando-os nos desenhos.
Também achei super legal a descrição pelos lugares que eles passaram ao longo da aventura. Você realmente consegue imaginar tudo na sua cabeça de tal forma que você parece estar dentro da história. Quando li esse livro pela primeira vez (lembrem-se, eu tinha oito anos), achei o livro bem difícil e com muitos personagens para decorar. Dessa vez, eu não achei. Achei a leitura fácil e não tem tantos personagens assim. É mais o nome dos lugares que eles passam que é difícil de decorar (por isso que os mapas ajudam!).


E os personagens são muito legais. Frodo e os outros Hobbits, em minha opinião, tanto no livro quanto no filme não se destacam tanto, apesar do enfoque ser neles. Para mim o destaque todo fica para Gandalf! O mago é sensacional e a melhores partes são quando ele dá respostas bem dadas quando fica bravo. Ele sempre sabe o que dizer. Aragorn, ainda nesse livro, achei-o um pouco apagado. Espero que nos próximos ele se destaque mais. Boromir é bem sem-graça, apesar de eu gostar um bocado dele no filme. Gostei bastante também de Legolas e Gimli, principalmente pelo primeiro ser elfo e o segundo anão. Tolkien conseguiu mostrar bastante a diferença entre os dois em características e cultura. E o mais importante, mostrou que pessoas (ou serão criaturas?) tão diferentes, podem ser amigas.
Estou louca para ler As Duas Torres e O Retorno do Rei. E posteriormente o Silmarilion! Fiquei até com vontade de assistir todos os filmes novamente.
PS: Fiquei com imensa vontade de conhecer elfos! Isso me deixa totalmente frustrada.
PS2: Minha prima estava lendo um livro (o título é Asas, diga-se de passagem) e disse que a menina principal fica em dúvida quanto a quem ama: um humano ou um elfo. Então eu exclamei: "Como ela é burra, devia escolher o elfo, com certeza!". Mas aí eu me lembrei que entre Legolas (elfo) e Aragorn (humano), eu prefiro o último. Desculpa Orlando Bloom.






Musiquinhas bacaninhas do filme que não saíram da minha cabeça enquanto eu lia

10 Comentários:

  1. Eu estou MUITO necessitada de uma maratona SdA, já faz tempo i.i Sinto que vou definhar se não ver logo. E quero a versão estendida dos filmes, com DOZE DVDs >:

    ResponderExcluir
  2. SdA é vida ♥

    Sam >>>> Frodo, apesar de não ser fácil carregar um fardo como ele carregou.

    Preciso ler também,espero que logo

    ResponderExcluir
  3. EU AMO A TRILOGIA DO SENHOR DOS ANÉIS. Eu era adolescente quando os filmes foram lançados, tive a oportunidade de vê-los no cinema, foi mágico:)
    Fantasia é um dos meus gêneros favoritos.
    Tentei ler A Sociedade do Anel, mas não consegui, achei muito maçante. Este ano li o Hobbit e achei a leitura encantadora, não vejo a hora de ver o filme(vou pirar quando Thorin Escudo de Carvalho aparecer).
    Estou num momento de "revendo filmes favoritos". Comecei com a Saga Star Wars, já estou indo pra Indiana Jones e acho que vou incluir no meu festival Senhor dos Anéis, já vi várias vezes, mas não me enjoo deste universo.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  4. Criatura nem me fale em livros. Estou com uma wishlist enoooorme. Ainda tô pra ler Rooverandom!

    Eu quero comprar os livros separados, ma so box parece ser tão mais prático *oh dúvida* >:

    ResponderExcluir
  5. eu comprei todos os livros de o senhor dos aneis (inclusive o hobbit e o silmarillion) pelo submarino há uns dois anos, mas não conseguir ler nenhum (exceto pelo hobbit) até agora. não sei se é chatice minha, mas em geral achei chato demais... mas planejo dar outra chance em breve. estou lendo a guerra dos tronos e adorando, então talvez isso possa ter despertado um amor por fantasia épica em mim hah :)

    ResponderExcluir
  6. Ain, q foda, senhor dos anéis!
    Li O Hobbit e adorei, realmente achei mágico. Só q ainda não li a sociedade do anel, já tinha até esquecido, mas seu post fez renascer minha vontade kkk

    ResponderExcluir
  7. É foda mesmo. Muito foda. Adoro tanto os livros quanto os filmes (incluindo O Hobbit) haha

    obs: você também encontrou um túmulo pra conversar. Não sou o único. Pois é, estamos bem. rs

    ResponderExcluir
  8. *O*
    O universo de Senhor dos Anéis é realmente encantador. Chega a ser frustrante: Por quê eu não moro lá?
    Eu também assisti o filme com esta idade - ou mais ou menos e fiquei abestalhada. Sou eternamente indecisa quanto a SdA e HP, HAHAHAHAHHAA. Meus dois universos perfeitos. Eu tenho que continuar minha leitura com o hobbit! Eu acho este bem mais leve que senhor dos anéis. Mas sou suspeita para falar, também, peguei para ler em 2006. Pegarei de novo *o*
    E eu também fico com o Aragorn, #fato
    Beijos!


    Chel Lima
    http://corujando.org

    ResponderExcluir
  9. Tá aí uma estória que sou louca pra ler, sempre pus a maior fé nesses livros. Peguei O Hobbit na biblioteca da escola esses dias, mas acho que não vai dar pra ler agora, é uma leitura que requer calma e tempo, coisas que estão em falta na minha rotina. Eu acho essa capa tão linnda, gente. *.*
    Também preciso ler As Crônicas de Nárnia, é muito livro pra pouco tempo. D:

    ResponderExcluir
  10. Eu morri de medo, a primeira vez que assistir o Senhor dos aneis. Acho que eu era muito nova e boba para as terras medias.
    Depois de crescer um pouquinho, perdi a conta de quantas vezes assistir a todos os filmes e conto os segundos para o hobbit!

    Os livros ainda não li. Por falta de oportunidade, não vontade. Um dia, um dia...

    Beijo!
    OS: Tem Promoção valendo o livro “É tudo tão simples” lá no blog!
    http://milalices.blogspot.com.br/2012/05/e-tudo-tao-simples.html

    ResponderExcluir