Garota Infernal

Eu assisti a esse filme faz tempo. Lembro que as críticas não foram muito boas, mas eu simplesmente amei. Uma história sangrenta e teen com a Megan Fox e a Amanda Seyfried foi o suficiente para eu gostar de tudo. Na época eu era louca também para ler o livro, porque se o filme era bom, havia grandes chances do livro ser também. Porém, fui pega de surpresa ao saber que o livro veio depois do filme. Toda a história é baseada no roteiro de Diablo Cody, mas escrito por Audrey Nixon.

Então, o livro é extremamente fiel ao roteiro, mas algumas partes acho que foram adicionadas, porque não me lembro das cenas quando assisti e tem alguns diálogos que não constam. E acho que isso que me decepcionou um pouco, porque esperava mais detalhes e uma história bem mais trabalhada, porque achei curtíssima. Sério, devo ter lido em duas horas. Porém, algumas partes que eu não tinha entendido muito no filme, foram esclarecidas.




A história é contada no ponto de vista de Anita Lesnick, mais conhecida como Needy. Ela é uma nerd desajeitada e não muito bonita que é a melhor amiga da garota mais popular da escola, Jennifer Check. Quando a banda indie Low Shoulder vai tocar em um bar da cidade, Jennifer convence Needy a ir com ela. Durante o show, o bar acaba pegando fogo e Jennifer é levada pelos integrantes da banda em um furgão. A partir disso, quando Needy reencontra sua amiga, ela percebe que há algo extremamente estranho e perturbador nela.


Basicamente somos apresentados a uma amizade bem estranha: uma nerd e uma garota popular. Enquanto Needy é a amiga sem graça, Jennifer é a garota popular e bonita. As duas se conhecem desde pequenas e desde então são melhores amigas. O problema é que Jennifer sempre foi manipuladora e Needy a submissa, que faz tudo que a outra quer.

Quando acontece o incêndio no bar e Jennifer é levada pelos integrantes da banda, coisas estranhas começam a acontecer na cidade. Assassinatos começam a ocorrer, onde as vítimas eram garotos e partes de seus corpos eram comidas. Needy de repente se vê em um filme de terror. Não somente sua melhor amiga começa a agir de forma estranha como percebe mudanças em si mesma.

A história não é incrível, acho que por ser baseado no roteiro, ficou um tanto sem graça. E achei que contar a história no ponto de vista da Needy deixou de fora as cenas vividas por Jennifer. Porém, existem cenas bem legais como a do enterro do segundo garoto assassinado (que eu me lembre, não tem no filme). Faltou profundidade nos personagens e você acaba não se apegando muito a eles por causa disso. Por mais que seja escrito em primeira pessoa, não senti muita simpatia pela Needy, apesar de ela ser bem engraçada.

Mas acho que vale a pena se você assistiu ao filme e gostou. Seria uma forma de complementar e tapar alguns buracos. Algumas coisas que foram explicadas vagamente, no livro você entende bem melhor. Sem falar que é uma leitura bem rápida.

9 Comentários:

  1. Acho que devo ter assistido a esse filme ano passado e adorei, muito, fazia tempo que eu não assistia um terror tão bom, acho. Inclusive vai passar na globo nessa segunda e eu estou me matando porque não poderei ver, uma vez que tenho que madrugar no outro dia pra voltar a minha velha rotina. Fiquei com vontade de ler o livro, e só soube dele há pouco tempo, aliás lembrei de marcar no skoob agora, obrigada, no entanto a vontade diminuiu com o post, huahauha. Como você disse que a leitura é rápida, vou conferir, até pra relembrar da estória. <3

    ResponderExcluir
  2. Eu esnobo os críticos e os tais especialistas de cinema. Eles sabem o que é bom pra eles, eu é que sei do meu gosto, do tipo de história que me agrada.
    EU ADORO ESTE FILME! Tenho o dvd aqui. Eu leria o livro, espero achá-lo na biblioteca, porque minhas lista de livros que quero comprar já tá cheia!

    ResponderExcluir
  3. Hey Dasty!

    Eu não vi esse filme ainda - eu sei que é estranho, mas eu não sou muito fã de parar na frente da TV -, apesar de morrer de vontade. Adoro a Megan Fox (quer dizer, como atriz - porque dizem que ela é uma bitch, se tu me desculpas pelo palavreado.
    Eu não gosto de livros baseados em filme. Eles sempre acabam me decepcionando, e pra ser honesta, desisti deles a algum tempinho. Mas quem sabe um dia eu me aventure por este livro?
    --
    Mari
    http://hangoverat16.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu assisti o filme na época que saiu e não gostei nem um pouco, meus amigos dizem que fui a única ): Por causa disso nunca tentei ler o livro.

    ResponderExcluir
  5. Existe uma versão estendida do filme, com cenas não exibidas na versão do cinema.

    ResponderExcluir
  6. Eu via no repeat, direto. Minhas melhores lembranças do fim do ensino médio são embaladas pela trilha sonora maravilhosa de Jennifer's Body. E O BEIJO, cara? Nossa, só foi ♥

    ResponderExcluir
  7. Que bom que adicionaram coisas novas! Detesto livros baseados em filme por isso. Nunca assisti esse filme, pq acho os roteiros da Diablo Cody meio meh, mas darei uma chance.

    ResponderExcluir
  8. Lembro do dia que vi o trailer, disse a mim mesma que o filme prometia tudo. Só que não assistir no cinema, minha amiga me convidou a assistir com ela.
    Fiquei muito empolgada, só que quando o filme acabou fiquei com cara de ''só isso?''. hahaha.
    Eu estava esperando bem mais do filme. Mesmo assim não achei ruim, ficou na medida. kkk
    Enquanto ao livro, não sabia até agora. Mesmo tendo um pé atrás nesses livros baseados em roteiros, talvez eu leia.

    ResponderExcluir