Hotel Transylvania

Sou apaixonada por animações. Não importa se é da Pixar, da Dreamworks, da Sony Pictures Animation, o que for, sempre que posso, assisto. Vi de relance o trailer do Hotel Transylvania na televisão, que era curto e não explicava muito bem a história. Por puro tédio, decidi procurar o trailer completo no Youtube e em instantes estava apaixonada pela história, pelos personagens e pela arte do filme. Porém, tenho que confessar que o que me conquistou mesmo foi uma personagem em especial e suas carinhas fofas: a Mavis.

Como resistir a esses olhinhos? 
A história é sobre o Conde Drácula, que após ter sua mulher morta por humanos, decide construir um hotel onde todos os monstros podem ficar seguros, principalmente sua filha Mavis. Ele é SUPER protetor e evita ao máximo que sua filha saia do hotel, porque tem medo de perdê-la também. Porém, Mavis tem um espírito aventureiro e seu sonho é conhecer vários lugares, principalmente o Havaí, onde seus pais se conheceram. Como está chegando seu aniversário de 118 anos, ela acha que chegou a hora de finalmente conhecer o mundo. Em contra partida, Drácula vai evitar o máximo que isso aconteça. Tudo vira de cabeça para baixo quando um humano sem noção acaba entrando no Hotel.

Conde Drácula é um pai tão super protetor que às vezes ele sufoca a própria filha. Apesar dela já ter 118 anos, ele vive tratando-a como criança, dando apelidinhos e falando em tatibitati (para quem não sabe é aquele jeito meio babaca que nós ficamos falando com bebês e cachorrinhos). Isso pode torná-lo irritante, mas, na verdade, ele é um dos personagens mais engraçados. Super caricato e exagerado, é ele que fará você dar muitas risadas.

Mavis é uma graça! Com olhos azuis enormes e jeito fofo, ela é a típica adolescente que precisa de espaço para crescer e amadurecer. Ela quer muito viajar pelo mundo, mas sempre que tenta, o pai ou proíbe ou fala quanto os humanos são perigosos. É nessa parte que vemos uma inversão de valores: os humanos que são os monstros.

Além deles, há uma gama enorme de monstros divertidos, como o Tio Frank, o Frankenstein e sua mulher falante e com voz chata, o lobisomem Ralph e seus milhões de filhotinhos hiper ativos e Murray, a múmia e o Homem Invisível. Todos são divertidos e não tem como não rir com eles.

E é claro, não posso esquecer-me de Jonathan, o humano bobo que acaba encontrando o hotel por acaso. Meio debiloide e avoado, ele é o típico mochileiro que conheceu vários lugares e viveu altas aventuras. Quando Drácula descobre que tem um humano no hotel, ele tenta escondê-lo e transformá-lo em um “primo distante” de Frankenstein que veio para ajudar na festa de Mavis, já que ele é da “mesma faixa de idade que ela”. Jonathan vai mudar todos os personagens, mostrando como é se divertir e também que nem todos os humanos são ruins. Ah, e tanto Mavis quanto ele se apaixonam a primeira vista. Algo meio crepúsculo, mas muito mais fofo e engraçado.



Sério, quando terminou o filme eu saí extasiada. Adorei a história, adorei tudo! É o típico filme que é para se assistir em família e se identificar um pouco com o que acontece. Acho que tratou o assunto pais e filhos de maneira bem legal, apesar de apresentar um roteiro clichê e um final previsível. Não que isso incomode, afinal achei os personagens tão carismáticos e as cenas tão divertidas que nem me importei com isso.

Assisti em 3D nos cinemas e achei que quanto a isso não valeu muito a pena. Também assisti dublado (porque filme para crianças geralmente não tem legendado), porém gostei das vozes e achei que combinou bem. Uma coisa legal que eles fizeram foi adaptar alguns sotaques europeus para sotaques brasileiros, por exemplo, existe um personagem que possui sotaque nordestino. As músicas da trilha sonora em português também ficaram bem legais, falando nisso, achei a trilha sonora muito boa. Quero assistir em inglês posteriormente. Com certeza entrou para a minha lista de animações favoritas!



Obs: Fui procurar o trailer do filme dublado, porém às vozes dos dubladores do trailer NÃO são as mesmas do filme. Não entendi isso. De qualquer forma, as vozes dos dubladores do trailer são horríveis. A do filme está bem melhor.

8 Comentários:

  1. Tô doida pra ver esse filme, fiquei até com mais vontade agora *-*
    Esse filme é da SPA, né? Confesso que entre todos os estúdios de animações, esse é o que menos gosto, mas vou dar uma chance pra esse filme porque achei a ideia dele sensacional e porque tô curiosa desde que saiu o trailer!

    ResponderExcluir
  2. Quero muito assistir esse filme desde do dia que vi o trailer. Mas dinheiro que é bom, nada. hihi

    ResponderExcluir
  3. Haaa... que lindo! Adorei!!
    Quero ver demais! o/

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Hey *-*
    Eu sou super apaixonada por animação também <3
    Esse filme é dos que eu quero muito assistir.

    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  5. Odeio do fundo do meu coraçãozinho quem diz que desenho é coisa de criança. Poxa, criança pode até gostar, mas nunca vai apreciar a arte e ahistória por trás de muitos deles...

    ResponderExcluir
  6. Seu blog é muito interessante. Já faz algum tempo que venho acompanhando os seus posts e eles são sempre bem escritos e legais. Adorei aquele desafio das 101 coisas em 1001 dias, coloquei no meu blog. Enfim, seu blog me inspira bastante. Quero muito assistir a esse filme, muita gente está falando bem dele.

    ResponderExcluir
  7. Eu amei esse filme e gostaria muito de baixar a trilha sonora dublada, será que tem?
    Mesmo assim AMEI!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, não sei, mas acho que deve ter sim. Dá uma procurada no youtube :D

      Excluir