Então é Natal...

Ela havia perdido seu espírito de Natal. Já fazia um tempo. Pensou que nunca conseguiria achá-lo, apesar de todas as tentativas. Ela colocou até cartazes nos postes, nas lojas, e parecia que nada nem ninguém conseguiria achá-lo. Então, simplesmente parou de tentar. Se ele quisesse voltar, voltaria. Se não, continuaria perdido pelo mundo.

O Espírito de Natal havia se perdido por mais de dois anos. Mesmo assim ela nunca havia o esquecido. Sempre se lembrava dele quando aquela época chegava. Quando as luzes começavam a piscar, quando a música de sinos começava a tocar e quando os filmes infantis americanos começavam a passar na televisão e forçavam a nostalgia.

Ela se lembrava de tê-lo ao seu lado quando pegava seus binóculos e ficava na sacada vendo os prédios e casas com seus pisca-piscas. Quando escrevia sua carta de Natal mesmo quando já estava grande para isso, mesmo quando já sabia que Papai Noel não existia. Escrevia puramente por escrever.
O espírito foi embora e levou tudo isso consigo.

Porém, quem diria que ele voltaria de fininho. Sentaria ao seu lado sem ser notado. Cutucaria ela, faria cócegas, até finalmente perceber sua existência. Foi em uma noite quente de Dezembro. Estavam todos no carro: seus pais, seu irmão, ela e até a cachorrinha. Eles foram levar seu irmão em algum lugar que não tinha tanta importância. O rádio tocava músicas antigas e emocionantes. Passaram por uma praça com árvores enfeitadas de pisca-piscas. Mesmo tarde da noite, as pessoas estavam aos montes na rua.

Ela sentiu uma sensação de conforto. Como se tudo estivesse bem. Como se o Natal não fosse tão ruim assim quanto imaginava. Ela estava com sua família e não havia nada melhor do que isso. O Espírito de Natal abraçou-a. Não havia binóculo, não havia pisca-pisca. Mas aquela sensação boa e quente voltou. Pequena e deliciosa epifania. Estava em casa.

Desejo a todos vocês, leitores, leitores invisíveis, stalkers um ótimo Natal e um 2013 cheio de alegria, oportunidades e riqueza haha ♥ Que vocês realizem os seus sonhos ou que fiquem mais próximos a isso. E desejo muita inspiração e criatividade, porque, para mim, os dois são as coisas mais importantes.
Ah, achei meu Espírito de Natal. Ele estava escondido debaixo do banco do carro dos meus pais. Nunca pensei em procurá-lo lá.

Obs: Estarei viajando durante o período de festas. Então, quem estiver no Amigo Secreto Blogueiro, não se esqueça de postar o "presente" do seu amigo do dia 25 até o dia 31 de Dezembro. Quando eu voltar de viagem, irei postar quem tirou quem.

4 Comentários:

  1. Adorei *-*
    Infelizmente, a sensação que tive é que o meu espírito natalino simplesmente se perdeu ontem mesmo. Uma pena, sempre fui muito animada com o natal, mas cada vez menos as pessoas parecem se importar com isso. Fico pensando que vai chegar um dia que a minoria das pessoas vão comorará-lo :(
    Mas enfim, de qualquer jeito, feliz natal e boas festas ♥

    ResponderExcluir
  2. "Só não me liga porque não atendo o telefone" bem eu haha.

    ResponderExcluir
  3. Enquanto isso meu espírito de natal fez as malas e resolve viajar, tirar ferias e sem falar que levou tudo o que poderia me deixar feliz =/.
    Mas por fim... Boas festas para você.

    ResponderExcluir
  4. Achei o máximo o texto em imagem no início do post. Me identifiquei.

    ResponderExcluir