Cidade dos Ossos - O Filme

Finalmente assisti Cidade dos Ossos. Adoraria escrever uma resenha super crítica, mas tenho tanta coisa a falar,que vou fazer algo diferente. Vou citar todas as percepções que tive em relação ao filme e também as diferenças em relação ao livro. Então, se não leu o livro, não aconselho a prosseguir porque tem spoilers. Se você não assistiu ao filme e não quer saber o que vai acontecer ou mudaram, também não prossiga.

• Gostei muito da forma que criaram o Pandemônio.
• O vestido branco que a Isabelle usa é muito mais bonito do que eu imaginei enquanto lia.
• Isabelle e seu chicote são sensacionais.
• Jamie Campbell está perfeito como Jace ♥ (sou suspeita para falar sobre isso)
• Adorei as cenas de ação com a mãe da Clary.
• Clary não mata o Ravener no filme e sim Jace (mesmo assim, ela teve uma ideia muito legal em como pará-lo).
• Achei a caracterização do Ravener sensacional e criativa.
• Em nenhum momento há menção ao nome das lâminas serafins.
• Gostei muito da Dorothea do filme.
• No livro, quando Jace e Clary vão até a casa de Luke, eles conseguem sair sem vistos. Porém, no filme, como Blackwell e Pangborn estão torturando Luke, Jace acaba intervindo.
• Odiei Aidan Turner como Luke. Não tem nada de paternal nele e não consigo vê-lo como uma pessoa séria, dono de uma livraria.
• A caracterização do Instituto é muito bem feita (mas lembrou-me vagamente Hogwarts).

• Lily Collins atua bem, mas ainda não consigo vê-la totalmente como Clary.
• A caracterização da Cidade dos Ossos é muito próximo do que eu imaginava. Os irmãos do silêncio também corresponderam bastante com o livro.
• Robert Sheehan realmente é Simon.
• Fizeram o Magnus Bane menos gay do que eu imaginava. Mas acertaram muito na escolha do ator. Também gostei da parte da festa (mas esqueceram do Presidente Miau, apesar de que ele não tem tanta importância na história. Mesmo assim, até agora, estou esperando o Presidente Miau aparecer nos livros novamente!).
Absurdo1: Simon não vira rato. Na verdade, ele é sequestrado por vampiros (que estão absurdamente trabalhando para Valentim e atrás do cálice).
• O Hotel Dumort é uma das partes mais legais do filme. A cena em que os vampiros estão andando pelo teto é de arrepiar.
• Alec e Isabelle vão também com Jace e Clary salvar Simon. Foi legal porque teve mais cenas de ação. Até Clary se saiu muito bem.
Absurdo2: Não há motos demoníacas voadoras! Foi a coisa que mais me decepcionou.
• Os efeitos especiais usado nos vampiros e lobisomens são muito ruins (é um dos únicos momentos em que os efeitos especiais pecam). Apesar de que nunca assisti um filme/série em que tivessem feito um lobisomem decente. Ainda tenho esperanças.
• O filme todo é muito bem humorado.
• A parte que Jace conta sobre o seu falcão de estimação apareceu no filme. É uma das minhas partes favoritas do livro.
• Algumas coisas que acontecem no segundo livro já foram citadas nesse primeiro filme.
• No filme há uma menção a Bach e sua escala musical, como ela afeta demônios. Também diz que Bach foi um caçador de sombras. Que eu me lembre não há isso no livro (talvez uma rápida menção), mas eu sinceramente adorei essa parte.
• Li muitas resenhas que falaram que a graça toda ficou com Simon, mas achei que Jace também era muito engraçado.
• A cena da estufa é muito boa! É exatamente parecida com a do livro, tem até a parte da maçã/bolo.

• Muitas falas e diálogos do livro são reproduzidos! Gostei muito de reconhecer várias delas enquanto assistia.
• A Clary é muito mais forte e corajosa do que a do livro. Um ponto super positivo para o filme.
Absurdo3: Simon não ganha tanto destaque como no livro ao lutar com o demônio Abbadon. Na verdade, o Abbadon nem é citado. No filme apenas mostra que Dorothea era um demônio.
• Adorei um pó metálico que eles usaram para descobrir onde Dorothea estava.
• Falando em demônios, eles foram criados de maneira sensacional no filme. A parte que eu mais gostei foi da menininha encapetada.
Absurdo4: Não há portal na casa de Dorothea e sim no próprio instituto.
• Porém, eu adorei a caracterização do portal, de como lembra água e aquela técnica que Jace ensina a Clary. Achei bastante criativo.
• No livro, Valentim está em Renwick. No filme, ele vai para o Instituto atrás do cálice, abre um portal que permite que demônios entrem. Não sei se gostei disso ou não.
• Odiei o Jonathan Rhys Meyers como Valentim. Também não gostei de sua caracterização. E que trancinhas foram aquelas?
• O Valentim do livro usa muito mais a tortura psicológica do que a pancadaria para resolver alguma coisa. Já o do filme gosta de lutar (provavelmente os diretores/roteiristas acharam que daria mais emoção e ação ao filme). Ele quase matou o Jace para vocês terem uma ideia.

SPOILER MASTER (NÃO LEIA SE NÃO LEU ATÉ O 3º LIVRO). PARA SABER DO QUE SE TRATA, SELECIONE COM O MOUSE.
Absurdo5: Já deixaram BEM claro no filme que Jace e Clary não são irmãos, que é uma mentira de Valentim (mas acho que muitas pessoas não prestaram atenção nessa parte e devem achar que são irmãos). Acho que fizeram isso para evitar a frustração que todo mundo teve ao ler o livro.
FIM DO SPOILER

• Jace cai na lábia do Valentim, mas não por muito tempo como acontece no livro. Achei legal, porque no livro isso é irritante.
• Já é deixado bem claro que Clary possui poderes especiais e o motivo disso.
• Hodge acaba ajudando Isabelle e Simon quando estavam em apuros. Porém, acho que se esqueceram de colocar no filme o que diabos acontece com Hodge depois daquilo.
• No filme, Valentim não consegue o cálice. No livro, ele consegue. Se o diretor de Cidade das Cinzas não for o mesmo, coitado do próximo que terá que resolver isso.
• Por mais que Nova York seja o palco de todos os acontecimentos, quase não se fala sobre a cidade. No livro, somos totalmente imerso nos mais diversos lugares como Chinatown, Central Park, entre outros. No filme, quase me esqueci de que a história se passa em Nova York.
• Não há menção a outras pessoas que participaram da clave, como os Wayland e os Lightwood.
• A trilha sonora não me chamou muita atenção. Mas gostei da música Heart by Heart da Demi Lovato.

A sensação que tive enquanto assistia ao filme foi muito boa, mas não foi a mesma de quando eu lia o livro. Foram sensações distintas. Particularmente, eu gostei muito da adaptação, mas conheço gente que odiou. É bem relativo. Apesar de todas as mudanças que fizeram e de achar algumas cenas muito rápidas, eu aprovo e espero ansiosamente pela continuação. Tudo bem, eu confesso, já estou com vontade de assistir de novo!

Imagem meramente ilustrativa da minha pessoa enquanto assistia o filme.

6 Comentários:

  1. Sinceramente, eu adorei o livro. Apesar de ter lido só o primeiro.
    Sobre o filme, não é de hoje que já sabemos que não vai ser fiel ao livro. Mas confesso que estava esperando algumas coisas, motos que voam e um certo rato... Achei essa parte que o Simon é levado pelos vampiros confusa.
    Eu gostei dessa parte do portal que o Valentim, porém acredito que erraram não terem deixado ele ficar com o cálice.
    E tenho que comentar sobre seu ''Absurdo5'': eu sou lerda/desligada, então os detalhes não funcionaram comigo na hora... Só depois de um tempinho eu percebi isso, acho que agora até no livro surge essa dúvida se é ou não verdade. haha.
    No final das contas, eu adorei o filme também e espero logo o segundo (assim como espero logo ler o segundo livro).
    *--*

    ResponderExcluir
  2. Fui ler o spoiler porque sou muito corajosa sqn
    Eu não gostei do final do filme, o começo era todo igual ao livro e ainda adorei como entrelaçaram fatos.
    Mas a cena do beijo foi tão high school musical hahahaha
    Minhas partes preferidas é a da moto e o por do sol com o Jace e Clary depois de acabarem de matar, eu imagina uma cena toda bonita com uma super fotografia dai foi aquilo
    :P

    ResponderExcluir
  3. Eu vou ler pois não vou poder ir aos cinemas assim, e bem, sou uma pessoa curiosa. E não só isso, mesmo sabendo dos spoilers, não perco a emoção ao assistir. AHUAHUH Então...
    Como assim não tem motos demoníacas voadoras? ): Eu amei essa parte do livro, poxa! HUAHUAH Eu ainda não li o terceiro livro, mas a primeira coisa que perguntei a uma amiga que leu a saga foi sobre o fato deles serem irmãos ou não! hahaha Não suportei, tive que perguntar!
    A parte que Jace fica todo "awwwn" com Valentim também me irritou muito no livro, ainda bem que no filme não é assim! u.u kkkkk A minha amiga que é fã da série curtiu, mas eu me pergunto se eu também vou gostar... Já comecei a ler o livro dois, e espero ler ele e o terceiro até o fim do ano. E que coisa, esse cálice pode realmente resultar em um problema no futuro. Mas vamos esperar pelo melhor. haha Adorei o post. Beijão.

    Diva Pensante ~

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei com um pouco de implicância com esse filme por ser literatura adolescente e tal, mas todo mundo tá falando tão bem que até me deu vontade de assistir hahah
    Parabéns, adorei a resenha!

    BR

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha, sábado que veem eu no cinema e depois da sua renha estou pensando em assistir ele =)
    BR

    ResponderExcluir
  6. Ai que lindo, tava quase chorando, mentira, mas eu não gostei muito da parte da entrada do Hotel Dumort, mas mesmo assim ficou linda e eu estava esperando, muito, muito mesmo, o Simon virar um rato e infelismente mas não aconteceu -.-' Essa imagem meramente ilustrativa com certeza serve em mim

    **BR** www.thingsofmilly.blogspot.com/

    ResponderExcluir